09 dezembro, 2007

manhã (muito) zen

brunch amoung zen

Tomar um brunch (o 2 em 1 ideal) no miradouro de Almourol foi um excelente início de dia. O ambiente é tão acolhedor que apetece ficar por lá horas e horas a fio. Já repararam na decoração? É linda! O papel de parede tem desenhos em cinzento, que inspiram as chávenas, os candeeiros dão um ambiente de final de tarde tranquila e os donos são uma simpatia.
Deixei-me ficar. O brunch acompanhou a leitura do jornal e tive tempo para pensar em nada. Sabem tão bem estes momentos de descanso em que estou bem sozinha, sem horários nem compromissos. Aproveito a minha companhia como se de um bom amigo me tratasse, respiro fundo e animo-me por estar em paz.
Não posso dizer que todos os dias são assim, pois sou dependente de agitação, gente, correrias, afazeres e muita energia. Mas que sabe bem uma manhã muito zen, lá isso sabe.

2 comentários:

Anónimo disse...

Interessante!
Estive numa esplanada na praia. Tmei um leite com chocolate. O céu cinzento e o sol, teimoso, a brilhar lá atrás das nuvens fazia o ambiente ideal para pensar em nada. Ah!! fazia frio. Completamente delicioso. Sem companhia, mas delicioso. Talvéz por isso mesmo. O que eu gosto de estar comigo! Mas também depende do lugar. Às vezes mesmo em casa nem sempre sou a melhor companhia.

Tirei fotografias. Do mar, das ondas, das rochas, das formações das ondas na areia. Distraí-me.
Devia fazer mais vezes, eu sei. Vou tentar.
Beijufas.
A Companhia do chá

Dani disse...

Estou tentada a dizer que fizemos companhia uma à outra...
Que bem me soube aquele bocadinho de "dolce fare niente", idêntico aos pequenos-almoços de fim-de-semana que, sem falta, se sucedem a cada domingo.
Eis a prova da nossa sintonia: à mesma hora, vivemos a mesma sensação.

Beijos da filhota.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...